Hoje deu vontade de mostrar como a cultura interfere em nossos rituais. Sempre fiquei curiosa para saber como acontece em outros países. O que nós brasileiros fazemos de diferente? Vamos começar falando casamentos indianos? Lá na Índia as pessoas só podem se casar se pertencerem à mesma casta. Castas são grupos de famílias de acordo com sua profissão ou modo de viver. Por exemplo: vendedores são uma casta, professores outra, e assim por diante. A origem das famílias, ou seja, a região da Índia que fazem parte, também é levada em consideração. Apesar da maioria dos casamentos serem arranjados, hoje já existem muitos casais que se casam por amor, e não mais por conveniência das famílias. Para oficializar o relacionamento, o casal fica noivo, em uma cerimônia apenas para a família, mas não há troca de alianças. O mapa astral dos noivos também é consultado, para ver se combinam. Antes da cerimônia a noiva tem suas mãos, braços e pernas pintados por uma tinha chamada Mehndi. O Mehndi Raat (noite da henna), antecede a celebração, na qual já se iniciam uma parte das festividades.

Existem vários contos sobre essa tradição. O mais popular afirma que a futura noiva não poderá executar nenhum trabalho manual até que o desenho da henna saia completamente do corpo. Durante o primeiro mês de casada, uma criada irá fazer todas as suas obrigações domésticas, incluindo banhá-la, logo a noiva não precisará usar suas mãos para muita coisa, preservando assim o mehndi, isto possibilita a mesma usar seu farto tempo livre para conhecer melhor os membros de sua nova família. Outra história fala que quanto mais tempo a henna permanecer escura na pele, mais a mãe do noivo irá amar sua nora. O ritual do casamento dura de três a sete dias. Na noite anterior ao casamento, acontece a cerimônia chamada de Sangeet. Durante a festa, a família e os amigos dos noivos fazem uma apresentação e depois um DJ indiano comanda a comemoração, com músicas dos famosos filmes de Bollywood e a Bhangra Dance. Na entrada do Sangeet, as mulheres recebem uma pulseira de flores ou pulseiras coloridas e os homens recebem um pano colorido para amarrar no punho. As mulheres também recebem uma cartela de bindhi (terceiro olho). Essas lembranças são distribuídas durante a festa para alegrá-la e deixá-la mais colorida. Durante a recepção, o casal entra e faz a primeira dança, com uma música lenta indiana ou americana (diferente do Brasil, onde normalmente os noivos dançam a valsa). Os familiares fazem discursos e depois a festa começa, com muita música dos filmes indianos.

Veja alguns destaques da cerimônia: ♥ Os cumprimentos à noiva são feitas geralmente no final da cerimônia. ♥ Troca de guirlandas de flores entre os noivos. ♥ A mão da filha é dada solenemente em casamento pelo pai. ♥ Realização de cerimônia de fogo. Este ritual consiste em fogo que é aceso num recipiente onde são oferecidos cereais, ervas medicinais, ghi (manteiga clarificada) e outras substâncias juntamente com a recitação de mantras. ♥ Circundar a arena onde esta sendo realizada a cerimônia de fogo. ♥ Marcar o cabelo da noiva com kum-kum (pó vermelho). ♥ O casal caminha sete passos juntos em vários círculos marcados previamente no chão, acompanhados de frases desejando boa sorte aos noivos, procedimento baseado na história dos relacionamentos entre Shiva e Parvati (deuses do panteão hindu). ♥ Receber bênçãos. ♥ Troca de presentes.


3 Comentários

Marílinha disse...

eu ia torcer para minha pintura durar um ano!!!kkkk

Mari e Eder disse...

oie!!
menina...é um mega eventi pra eles...lembro da novela...adorei!!
bj

Paulinha disse...

É tudo muito colorido, né?
Ainda bem que agora as moçinhas podem sonhar com o amor e ñ apenas esperar a escolha dos pais.
:D

Tecnologia do Blogger.

Labels