Acredito que o grande UP do casamento, aquele momento que todos esperam ansiosos e curisosos, é a entrada da noiva. Todos querem ver o vestido. Aquele vestido.
Mas para que esse momento seja realmente o Grand Moment é importante que a noiva esteja por dentro de alguns detalhes e não transforme esse momento dos sonhos em pesadelo. Lembram do post Cada noiva com sua loucura?
O vestido do Grande dia deve ser 'a cara da noiva'. Aquele vestido que as pessoas vão olhar e dizer: Ficou perfeita!
E então? Como escolher o vestido ideal?
  1. O vestido ideal deve ser aquele com a personalidade da noiva, e não da amiga da noiva. Sim, você pode pedir dicas, mas não compre o vestido só porque sua mãe, amiga, prima, madrinha ou a sogra da vizinha da irmã da sua cunhada disse que ficaria perfeito em você.
  2. Você foi ao casamento de sua amiga e achou o vestido maravilhoso. Mas será que ele ficará bem em você? Tem haver com sua personalidade? O que fica bem em uma, pode não ficar bem em outra. E falando sério! Você vai querer usar o mesmo vestido que a fulana, depois que todos os amigos já viram? Onde está o toque da surpresa?
  3. Na hora de procurar um profissional, vá a lugares já conhecidos por alguém próximo. Imagina contratar o serviço e depois chorar rios de lágrimas por não ter em mãos o que queria.
  4. Se não foi bem atendida, não faça ali. A noiva tem que ser bem tratada por mais 'enjoada' que seja (rsrs). Profissionais desse mercado têm que estar dispostos a ouvir, ouvir e ouvir, e prontos para quantas provas forem necessária. Bata o pé enquanto não achar que seu vestido está perfeito.
  5. Cuidado com os detalhes. Lembre-se que você é uma noiva e não uma árvore de natal. Véu, voilet, luvas, calda, buquet e tiaras devem estar em harmonia.
  6. E o principal: Escolha o modelo que se adeque ao seu corpo.
  • Para as baixinhas: opte por modelos sem manga e fuja do que é pesado e volumoso. Modelos com corpo justo, sem manga e cinturas altas, são os ideais. Eles faram com que você pareça mais alta do que realmente é. Nada de vestidos curtos, com golas ou decotes fechados. Não se esqueça de que véu comprido e salto alto, também ajudarão.
  • Para as magrinhas: use e abuse de saias com volume e calda longa. Para quem gosta, use caldas com camadas. Magras podem fazer a festa com bordados e aplicações, principalmente as horizontais que darão amplitude à silhueta, mas evite decote em 'V'.
  • Noivas Gordinhas: Nada de tecidos pesados, volumosos e esvoaçantes. Abuse dos corpetes, decote em 'V' para disfarçar os seios. Nada de cinto, faixa ou pregas na parte da cintura. Drapeados e babados só aumentaram o volume da saia. Fuja deles! Ficam ótimas com cortes evasês, mangas longas e justinhas, tecidos moles e com caimento. Se os seios são fartos, nem pense nos modelos 'Tomara que caia'! Prefira decotes que deem sustentação ao busto.
  • Noiva Alta: Abuse dos decotes que favoreçam ombros e colo. Caldas longas estão liberadas. Opte por vestido mais justos ao corpo e tecidos que dão volume. Para noivas ousadas, vestidos curtos na frente podem ser uma boa opção. Nada de salto alto e modelos que marquem a cintura. Isso fará com que sua silhueta fique marcada demais.
Dadas as dicas, agora é só sonhar com o modelo ideal para você!

Boa sorte!


3 Comentários

Helô Rodrigues disse...

Amei a dica!

Marílinha disse...

Ou seja, vestido repolho está fora de moda né?? Não vi nenhum aí!!

Paulinha disse...

Realmente, mas há noivas que ainda optam por modelos mais armados, usando o que chamamos de vestido princesa.
Para ser bem sincera, acho que eles já tiveram sua vez, né? Ainda bem que os estilistas estão modelando as saias dos vestido princesa e deixando-os mais modernos.
Mas quem quiser casa a la Lady Di... fique à vontade. rsrs

Tecnologia do Blogger.

Labels