Uma das madrinha comentou que o bom de casamentos diurnos é que se pode usar chapéu.
- Não é boa ideia não, flor! - eu disse.
Deixa eu explicar.
Se você morar na Inglaterra vai morrer de tanto usar chapéu. Ele é artigo indispensável por lá, que em alguns eventos como o Royal Ascot (Corrida de cavalos promovida pela família real), são eles quem chamam atenção. Aparece cada coisa.
Pode parecer brincadeira, mas para eles isso é coisa muito séria.

Nem a família real foge com seus modelos... diferentes Chapéus são lindos, finos, chiques, mas já faz um booooooooom tempo que essa moda caiu aqui na terrinha.

Alguns estilistas arriscam em dizer que ela vai voltar com tudo, principalmente com essa onda louca de calor dos últimos anos, que só tende à aumentar. Bem, enquanto isso não acontece, sugiro que pensei bem antes de usar esse acessório. Será a noiva vai querer alguém chamando mais atenção que ela?

Mas é claro que, como diz o ditado: "Tudo que é conversado é entendido". Converse com a noiva. Veja o que ela pensa a respeito. Se não tiver nada contra... use e abuse desse acessório.

Algumas dicas:

Pessoas muito baixas devem evitar aqueles com abas muito grandes e preferir os de médio a pequeno.

Mulheres mais altas podem escolher sem medo os modelos com abas maiores. Os mais procurados para casamentos:

~> casquete: é um chapéu pequeno e sem abas, lembra um pouco o voillet, que já mostrei aqui.

~> capeline: possui abas maiores. ~> canotier: possui uma cúpula achatadas e abas estreitas. ~> breton e meio breton: O breton tem abas curtas e viradas para cima, e o meio breton é aquele com abas curtas viradas apenas na parte da frente. Não se esqueça que o chapéu tem que ser da cor do vestido ou combinar no mínimo com dois elementos do traje


Um Comentário

Marílinha disse...

Já q pediram sugestão da noiva... a minha resposta é não! :D
Deixa pra outra ocasião tá??rsrsrs

Tecnologia do Blogger.

Labels